Postagens

Mostrando postagens de 2012

[Drops 05] O Brasil foi percebido como um país mais ético em 2012

Imagem

[Drops 04] Cigarros e mísseis sustentáveis? Como assim?

Imagem
"NATURAL TEM UM SABOR MELHOR" Nós plantamos o nosso tabaco natural premium de uma maneira responsável e sustentável através dos nossos programas de crescimento orgânicos e amigos do ambiente. Nós também nos esforçamos para reduzir o nosso impacto na terra utilizando materiais reciclados e fontes de energia renováveis como a energia eólica. Proteger a Terra é tão importante para nós como é para você. Experimente você mesmo o sabor verdadeiro e autêntico de um tabaco natural e 100% livre de aditivos. Nós achamos que você vai concordar, natural tem um sabor melhor.  Foto original de: ATIS547. Disponível em: www.flickr.com/photos/albaum/2307102594/. Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.0 Generic (CC BY-NC-SA 2.0). Acesso em: 20 Mar. 09.
Quando li que uma linha de cigarros sustentáveis e socialmente responsáveis havia sido lançada nos EUA, lembrei de um trecho do já clássico filme The Corporation, de 2004, onde o empresário Ray Anderson faz a seguinte provocação: “Podemos fabricar…

[Drops 03] O que é “transparência”? E qual é a empresa mais transparente do mundo?

Imagem

[Drops 02] Sabão vem da árvore ou da Unilever? Conheça a reetha, a novidade que vem da Índia e que você nunca imaginou existir.

Imagem
Sustentabilidade é uma jornada de descobertas e redescobertas.

Certa vez fui convidado pelo meu amigo Luciano Pacheco para realizar um simpático workshop sobre o tema com os professores do Colégio Paulo Freire, em Niterói. Lá soube da história de um menino de cinco anos que, no primeiro dia de aula, ao ver o galinheiro da escola, apontou para uma galinha e disse: "Mãe, olha lá uma Knorr!”.

Como professor, tenho a oportunidade de ouvir muitas histórias. Uma outra é sobre aquele garotinho que, indagado se sabia de onde vinha o leite, respondeu prontamente: "Do supermercado!”.

Bom, conto estas duas histórias reais para ilustrar a minha total e absurda surpresa ao conhecer a reetha(pronuncia-se "ríta”, com o "i” mais longo). Se tivessem me perguntado de onde vem o sabão, eu poderia ter respondido, de forma mais sofisticada, algo como: "Vem da Unilever”. Porque jamais imaginaria na minha vida encontrar uma semente que produz... sabão! "Mãe, olha lá um Omo Total!”…

[Drops 01] Solo, Ser e Sociedade - Satish Kumar

Imagem
O indiano Satish Kumar adota o Soil, Soul & Society [Solo, Ser & Sociedade] como modelo para promoção de uma vida sustentável. Diferentemente do Triple Bottom Line [Linha dos Três Pilares, tradução que não "pegou” no português], do inglês John Elkington, não se constata aqui uma dimensão específica para os valores monetários. Como assim? Não aprendemos que a sustentabilidade se apoia nas dimensões social, ambiental e econômico-financeira? Satish diz que as organizações são frutos das ações humanas coletivas e, portanto, devem pertencer à dimensão “sociedade”. Sendo assim, as perguntas mais importantes neste novo modelo são: De que forma as organizações se constituem um serviço ao ser humano? E de que forma elas entendem que a sua relação com a natureza não é a de posse, mas de tutela para as futuras gerações?
Saiba mais sobre o Solo, Ser e Sociedade na voz do próprio Satish Kumar:


[Publicado originalmente no site Plenitude Social em 05 de julho de 2012]